TDAH E CONTROLE INIBITÓRIO: RELEVÂNCIA DE UM PROGRAMA NEUROPSICOPEDAGÓGICO DE ESTIMULAÇÃO DAS FUNÇÕES EXECUTIVAS EM SALA DE AULA

TDAH E CONTROLE INIBITÓRIO: RELEVÂNCIA DE UM PROGRAMA NEUROPSICOPEDAGÓGICO DE ESTIMULAÇÃO DAS FUNÇÕES EXECUTIVAS EM SALA DE AULA   Vera Lucia de Siqueira Mietto [1] Vanessa Leite Machado [2]   INTRODUÇÃO Este artigo tem como objetivo refletir sobre a importância do desenvolvimento das funções executivas no âmbito escolar como ferramenta fundamental no controle inibitório de nossas crianças com TDAH/I. As Funções Executivas têm sido estudadas por pesquisadores voltados para as neurociências da aprendizagem, tentando desvendar como elas influenciam e norteiam as futuras aprendizagens e o comportamento de nossas crianças. Numa perspectiva de facilitar ao neuropsicopedagogo a elaboração de estratégias mais assertivas e o entendimento das habilidades que compõe as funções executivas, esse artigo também mapeará as áreas cerebrais e sua relação com as habilidades cognitivas, assim como sua influência no desenvolvimento emocional e cognitivo de nossas crianças: a neurobiologia do TDAH e o comprometimento das habilidades cognitivas e seu impacto (mais…)